21 de out de 2015

Estamos no futuro!



Para quem espera por esta data desde 1989, não no meu caso, eu nem existia ainda, ela finalmente está entre nós!


“O futuro só depende de você. Então faça direito!” #BTTF2015
Posted by Paramount Home BR on Quarta, 21 de outubro de 2015

Sim, meu caro Doc Brown, o futuro está diferente do que haviam pensado. E bem diferente. Pensando nisso vamos ver o que o filme acertou ou errou (ou a tecnologia ainda não conseguiu produzir).




Vamos começar pelo mais esperado, o skate voador.




Ainda não temos de fato um skate que plane livremente, mas a Lexus já está desenvolvendo algo semelhante. Ainda não é uma realidade, mas já dá para começar a sonhar.






Pagamento sem dinheiro

Sim, já é possível, afinal temos os cartões e podemos até pagar pelo celular sem ter um por perto se soubermos de cabeça os números. Os apps agradecem o serviço.



O personagem Biff pagou uma corrida de táxi, com a impressão digital do polegar, não é tão diferente da maneira como pagamos por serviços de transporte como aplicativos de táxi, Uber e seu concorrente Lyft, sem usar cédulas de dinheiro.



Outra tecnologia esperada é a do tênis da Nike, que já até patenteou o tênis. Mas ainda não apresentou essa tecnologia até o presente momento.



E quanto a jaqueta com o secador interno e que se ajusta ao corpo, até agora nada.



E sobre roupas com telas, como o quepe dos policiais do filme, o máximo que tenho no momento são os vestidos da marca CuteCircuit's que mostram tuites.



Na questão dos robôs aparecem drones no filme, essa já faz parte da realidade.



E não temos frentistas robóticos até agora.



E nem carros voadores como o DeLorean do Doc (e as placas com código de barras).



Sobre a tecnologia de entretenimento já temos cinemas 3D, mas sendo necessário o uso dos óculos, produção holográfica como no filme ainda não somos capazes de reproduzir.



Um dos principais acertos no filme foi sobre a tecnologia de entretenimento em casa.



Temos uma smart TV de tela plana com o painel flexível, E parece que a LG recentemente apresentou algo do tipo em exposições do setor.



Outra tecnologia apresentada também é algo similar ao Oculus Rift.

Latas de lixo móveis



Então, não. No máximo temos um aspirador que fica correndo pela casa.

Comida desidratada



Essa já existe e é consumida principalmente por astronautas. Mas nada se compara ao colocar uma pizza menor que a brotinho e sair do tamanho de uma família quando pronta.

E então gente, o que acham das diferenças do que eles imaginavam de 2015 e do que é real neste ano? Quais invenções vocês gostariam que fossem reais hoje?

Nenhum comentário:

Postar um comentário